2002 and 2008 World Monuments Watch

estabelecido pela primeira vez no terceiro milênio a. C., A Capital Síria De Damasco é uma das cidades continuamente habitadas mais longas do mundo. A cidade tem cerca de 125 monumentos designados, e contém numerosos sítios arqueológicos das várias culturas que em diferentes momentos a ocuparam e controlaram, dos romanos aos turcos seljúcidas. A Grande Mesquita dos Omíadas do século VIII-um dos monumentos mais importantes da cidade—foi construída no local de um santuário Assírio. Além de seus monumentos mais famosos, o tecido urbano da Cidade Velha mantém um registro rico e variado de seu passado, incluindo edifícios vernaculares históricos que abrigavam residências e negócios comerciais. A antiga cidade de Damasco foi designada património mundial em 1979. Hoje, a população da antiga Damasco está diminuindo rapidamente. De 1995 a 2005, mais de 20.000 habitantes deixaram o centro histórico, buscando moradias e instalações modernas. O resultado é um número crescente de edifícios abandonados a cair em descrédito. Em Março de 2007, foi anunciado que o governo local havia aprovado um esquema de remodelação em grande escala que exigia a demolição de edifícios da Cidade Velha ao longo de um trecho de 1.400 metros de comprimento das muralhas de rampart. Espera-se que a inclusão na lista de observação ajude a sensibilizar o público para estes planos de desenvolvimento e outras ameaças que põem em perigo A Velha Damasco e ameaçam destruir esta histórica cidade viva.desde o relógio em abril de 2008, a UNESCO e a ICOMOS montaram uma missão de monitoramento em Damasco, um Patrimônio Mundial. Os delegados reuniram-se com as autoridades locais, incluindo o pessoal da Direção-Geral de antiguidades e museus da Síria, encarregado de Damasco, e outros peritos. A missão encontrou elementos de progresso,mas também deterioração física e funcional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *